Especiais por Scott Westerfeld

ISBN: 9788501083692
Editora: Galera Record
Ano de Lançamento: 2011
Páginas: 351
Onde comprar*:

Mais um “final de série” que li em menos de uma semana. Digo final de série com aspas porque a história acaba pela visão da Tally como protagonista, pois Extras terão outros personagens principais, porém acontecendo logo depois de Especiais.

Confira os outros livros da série:

  1. Feios
  2. Perfeitos
  3. Especiais
  4. Extras

Eu já disse que Scott Westerfeld é um gênio? Já? Não? Pois ele é um gênio. Originalidade e criatividade imperam naquela cabeça. A cada livro eu me surpreendo mais, e fico ainda mais fã do cara. É gênio. Gênio.

Especiais como o nome já diz vai nos introduzir ainda mais a mente meio insana das Circunstâncias Especiais, mais especificamente no novo grupo criado pela Dra. Cable: os Cortadores. E quem se tornou parte do grupo no último livro (contra a vontade, é claro) foi Tally Youngblood. Parece que a nossa querida protagonista nunca consegue chegar ao seu destino e fazer as coisas certas. Ela sempre acaba sendo pega ou fazendo escolhas erradas. Agora ela passou por uma nova cirurgia e terá como maior missão acabar com a Nova Fumaça. É contra eles que ela terá que lutar, será responsável por captura-los para acabar com esse movimento de revolução.

Previsível é uma coisa que esse livro não é, a cada capítulo é um acontecimento importante e surpreendente que me fez grudar no livro de tal forma que só consegui ir dormir as quatro e meia da manhã. Sentimentos diversos e completamente contraditórios. Em uma hora eu estava rindo, na outra eu ficava apreensiva, com medo até que… chorei. Chorei horrores. Muito. Parece que Scott Westerfeld não se importa em acabar com um personagem. Seu fim foi tão frio e tão doloroso! Fui obrigada a parar de ler e chorar, chorar, até conseguir voltar a ler.

Um livro inteligente, bem escrito, com personagens ótimos (Tirando a Shay. Ódio de você, garota!), descrições na medida certa. Scott é o cara!

A série Feios tem um valor especial para mim por ser o primeiro livro nesse estilo que eu li, e na época foi totalmente impactante. Sem dúvidas ele coloca você para pensar. Ao mesmo tempo em que o mundo ali descrito é convidativo e invejável, se torna totalmente cruel. É incrível!

Leiam, leiam, leiam!

* Os links de compra deste post renderão ao blog uma comissão em caso de venda realizada.